O crescimento dos drones tem ido tão longe que seu uso tem se superado a cada ano — tanto em países mais desenvolvidos quanto pequenos testes em países com economia mais frágil. O que começou como fotografia aérea já passou a ser essencial em empresas para coleta de dados, e agora auxilia a prevenir a poluição no planeta.

Esse versátil equipamento pode chegar a lugares que os seres humanos não alcançam, e por isso ele vem sendo usado em inovações tecnológicas úteis, como na otimização de tempo para realizar tarefas rotineiras.

Os drones podem ser usados em diversos segmentos, como na biologia, na engenharia civil, nos setores imobiliário e agrícola, tudo isso com o objetivo de facilitar demandas e passar informações mais precisas sobre os serviços prestados.

Além de tudo isso, os drones são capazes de prevenir a poluição. Continue a leitura deste artigo e entenda mais sobre o assunto.

Uso dos drones atualmente

Os pequenos veículos aéreos não tripulados (VANTs) inicialmente foram criados para auxiliar nas missões militares, mas ao longo dos anos foi identificado que os drones poderiam fazer mais. Em função disso, foram criados outros modelos com configurações melhoradas.

Sua popularidade também fez com que os preços fossem reduzidos. Além disso, foram criadas regras para o uso de drones, pensando na segurança de quem pilota e de quem está por perto dos equipamentos.

Hoje, ao usar o equipamento no país é preciso seguir as regras da ANAC, registrar o drone e até mesmo fazer um seguro contra terceiros, seja o equipamento de uma pessoa física ou de empresas que os alugam.

Aqui no Brasil os drones começaram a ser utilizados para tirar fotografias aéreas — uma modalidade diferente do que a habitual —, com visões diferenciadas e em alta resolução. Hoje os equipamentos já foram adaptados para diversos segmentos dentro da fotografia, e podem ser encontrados em eventos como formaturas e casamentos.

Além do monitoramento de dados com precisão, já é possível até participar de concursos de fotografias com os pequenos dispositivos. Por aqui, os drones também são usados em construtoras civis para a coleta e o monitoramento de dados, ou em imobiliárias, a fim de valorizar as instalações com fotografias de alta qualidade.

Em todo o mundo, os drones fazem sucesso com seus mais diversos propósitos. Já foram registradas entregas de lanches, passeios com animais de estimação e entregas de pequenos produtos, tudo pela facilidade de transporte e por serem monitorados a distância.

Pensando na praticidade que esse equipamento pode levar para a vida das pessoas, estudos recentes comprovam como os drones podem auxiliar a prevenir a poluição e cuidar do planeta.

Colaboração com o meio ambiente

Quando o assunto é prevenir a poluição, os drones são aliados tanto no setor civil quanto na agricultura. Esses pequenos equipamentos são estudados a todo momento para medir impactos na natureza.

Um estudo realizado recentemente pela Universidade de Washington mostrou que os drones podem mesmo prevenir a poluição, mas desde que as entregas sejam feitas em distâncias curtas e com pacotes leves — caso contrário, os caminhões de transporte ainda são menos agressivos para o meio ambiente.

Os estudos foram realizados com equipamentos já existentes no mercado. Aí está mais uma oportunidade para os novos fabricantes de melhorar a funcionalidade dos modelos que vão seguir no mercado.

Monitoramento em tempo real

Para realizar um monitoramento em tempo real, a Google e a Universidade de Tecnologia de Queensland criaram um drone aquático, especial para o monitoramento de corais. O equipamento pode ficar na água por muito mais tempo do que um mergulhador suportaria, e por esse motivo armazena dados relevantes para grandes estudos.

Ele foi criado com o objetivo especial de analisar e eliminar predadores da Grande Barreira, na costa da Austrália, onde se concentra a maior variedade de espécies marinhas.

Outros drones também já foram testados em monitoramento em tempo real. Um exemplo é o drone da Ford: o chamado “drone babá”, que leva os cães para passear enquanto o dono pode acompanhar tudo diretamente pelo celular.

Monitoramento ambiental

Uma pesquisa publicada pela revista Scientific Report informou que foram usados drones para o monitoramento de aves e da quantidade do bando em ambientes polares e tropicais — algo que seria muito mais trabalhoso se biólogos estivessem nessa função.

Além disso, foi constatado que os equipamentos não assustaram os animais durante a pesquisa, o que é um fator muito importante para o bem-estar das espécies envolvidas.

Comparando essa análise às feitas em vias terrestres, a visão por drones foi muito mais eficiente. Esses equipamentos são mais precisos, pois além de levarem imagens em alta resolução da localização, podem transmitir dados muito mais completos para uma boa análise de espécies. Além disso, a visão aérea é mais precisa para as aves, já que por solo é possível que algum detalhe se perca.

A colaboração acaba se dando de duas formas: um monitoramento mais preciso de espécies — estejam elas ou não em extinção — e a redução da poluição para o meio ambiente.

Drones na agricultura

As grandes máquinas agrícolas já estão sofrendo modificações para melhoria em automação, como é o caso de grandes colheitadeiras — por meio da inteligência artificial —, e os drones também já são usados nesse segmento.

No Brasil, estima-se que esse tipo de serviço esteja atrasado. No entanto, para os próximos anos, em vez de as pessoas trabalharem com as máquinas, elas vão manusear os drones — que farão todo o serviço por custos muito mais baixos.

Hoje são feitos pequenos testes, mas no futuro as plantações serão facilmente tomadas por drones, que vão ser tão eficientes a ponto de identificar quando aplicar um produto de acordo com a previsão do tempo ou a situação da colheita.

Além disso, esses equipamentos trabalham com precisão de dados muito maiores para ajudar os agricultores — basta que esses profissionais saibam fazer o monitoramento corretamente. Hoje os custos ainda são altos, mas conforme seu uso tende a reduzir o preço dessa tecnologia, os drones vão ser capazes de auxiliar desde pequenos produtores até grandes fazendeiros, reduzindo impactos ambientais significativamente.

Há alguns anos não se imaginaria o impacto que esses pequenos robôs poderiam causar para facilitar a vida das pessoas. Hoje em dia os drones são aliados em grandes projetos, e tendem a ser ainda mais essenciais para prevenir a poluição.

Gostou de saber um pouco mais sobre a importância dos drones para prevenir a poluição? Então saiba a importância desse equipamento para a construção civil.